sábado, outubro 15, 2005

Desesperança de vida

É muito importante este alerta do Leston.
Acresce que a Zâmbia é um dos países africanos mais flagelados pela virus da sida.
Há dias, uma ONG referia que 70 por cento das camas dos hospitais de Lusaka estão ocupadas com doentes de sida. A "esperança" média de vida na Zâmbia é de 40 anos. Nos anos 90, era de 50 anos.
Vale a pena olhar com mais atenção este país, onde há meses era explicado que as minas colocadas na terra de ninguém da fronteira com Angola impediam a propagação do virus de Magburgo. É um país do qual chegam poucas notícias, não obstante o eco dos 5-0 dados à Libéria. Ilusório resultado, num país onde um futebolista parece estar em condições de tentar virar a sorte do jogo que conta.

Sem comentários: