segunda-feira, outubro 31, 2005

As t-shirts de Abidjan

Os telegramas que a FrancePresse tem estado a enviar, esta noite, da capital costa-marfinense contam uma cidade onde a paciência já tinha esgotado o prazo de validade mas onde nova dead-line está, perigosamente, a ser pisada com o assentimento do Conselho de Segurança da ONU, para o efeito "sensibilizado" pela União Africana. Ggagbo fica mais um tempo no palácio, amarrado à convocação de eleições e a um primeiro ministro de poderes reforçados. Nunca mais de um ano. A verdade é que o mandato do Grande Desestabilizador expira hoje à meia noite.
Em Abidjan, grita-se "Au revoir, Gbagbo!", enquanto a polícia dispara para o ar e lança gases lacrimogéneos. Um telegrama da FP fala das t-shirts de Abidjan. Têm apenas uma inscrição:"30 OCTOBRE 2005".
Gbagbo foi esta noite à televisão dizer que não sai. A guerra civil de pólvora seca continua. Mas nunca a guerra civil pareceu tão prometida, tão ao virar da esquina.
Nunca mais muda a hora, em Abidjan.

Sem comentários: